sábado, 24 de abril de 2010

Partindo de casa.




Partindo de casa - Infinitivo Perpétuo


Estou partindo de casa, procurando um caminho mais formal.
Compondo a estrada exata, deixando de ser tão normal.
Natural
Se sentir tão confuso
Tão normal
Como dar socos no ar
Natural
Pensamentos obscuros
Tão normal
Correr até me faltar o ar...

Calculando a velocidade de meus pensamentos...
Anotando a dor de cada momento, nem pensar
Vou pensar, até achar algo que me faça rir...

O horizonte vai nitidamente ofuscando minha visão.
O vento contra dá-me a ideia de seguir na contra-mão, nunca mais
Já não mais, continuando até cair ao chão.




2 comentários:

Kiku disse...

Mano, você é um Filosofo poeta só pode
Muito boa suas letras *o*

Continue assim mano :')


s2

Tassyane disse...

Muito bom.

"Calculando a velocidade de meus pensamentos...
Anotando a dor de cada momento, nem pensar
Vou pensar, até achar algo que me faça rir..."

Postar um comentário